Quase Nada Sobre Quase Tudo

quarta-feira, junho 21, 2006

Li ¨Fora do tom¨, a autobiografia do Sting (patrocinada pela pequena Lilica no meu aniversário) em 2 dias. O livro começa contando a experiência do Sting tomando o Santo Daime no Rio de Janeiro e fala muito sobre os pais dele, sobre sua infância e juventude, enfim, seus anos de formação comendo o pão que o diabo amassou. Quase nada sobre os anos de sucesso com o The Police e nada posterior, ficou com gosto de quero mais mas nem por isso achei menos interessante.

6 Comments:

  • At quarta-feira, junho 21, 2006, Anonymous suzanamaria43@yahoo.com.br said…

    Caramba que boca larga!assustadora!

     
  • At quinta-feira, junho 22, 2006, Anonymous Babi said…

    Com índio ou sem índio, a verdade é que eu me amarro no Sting. The Police foi uma das bandas mais legais dos anos 80. Fora a voz do cara, né? Que é muito boa de ouvir. Nem sabia do livro. Vou comprar. Aliás, falando em livro, vc leu o novo do Humberto Eco?

     
  • At quinta-feira, junho 22, 2006, Anonymous fefis, gerente desse blog said…

    Pois é , Babi... devo estar em sintonia com o Sting, foi só começar a ler o livro e peguei um show do Sting na tv e agora cada vez que ligo o rádio tá tocando Sting ou The Police! Pelo jeito o Sting vai começar a aparecer nos meus sonhos estranhos no lugar do Paul McCartney! Hahahahaha!

     
  • At quinta-feira, junho 22, 2006, Anonymous fefis, gerente desse blog said…

    PS: Qual livro novo do Umberto Eco?

     
  • At sexta-feira, junho 23, 2006, Anonymous lilica said…

    this presentation was provided by lilica

    :oP

    e o truman capote? já leu?

     
  • At sábado, junho 24, 2006, Anonymous fefis, gerente desse blog said…

    Lilica: Ainda não li o do Truman Capote...depois da biografia dele tô dando um descnaso pra não achar cansativo, sabe cumé...

     

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home

 


eXTReMe Tracker