Quase Nada Sobre Quase Tudo

quinta-feira, agosto 28, 2008



A polícia da cidade de Petrich, na Bulgária, decidiu vigiar um padre local por causa de uma plantação de maconha que ele alega ser um presente de Deus.

Segundo informações divulgadas nesta quarta-feira pelo diário online Ananova, Cyril Papudov já foi detido sete vezes, mas a polícia nunca pegou-o cultivando as mudas.

O religioso alega que as plantas se cultivaram sozinhas e seriam parte de um presente de Deus para a natureza, mas não teriam nada a ver com ele.

PS: Fiquei pensando nos efeitos colaterais de tomar hóstia...

1 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home

 


eXTReMe Tracker