Quase Nada Sobre Quase Tudo

segunda-feira, janeiro 15, 2007

No ano passado, fazendo zapping, vi um pedacinho de um filme onde aparecia o Rodrigo Santoro num filme cheio de estrelas de Hollywood. Fui olhar na revista da programação o nome do filme. Era ¨Simplesmente Amor¨. Parei de ver porque ia perder a graça mas fiquei com vontade de alugar o dvd. Coisa que fiz este fim de semana. O filme, dirigido e escrito por Richard Curtis, é uma comédia romântica das mais fofuchas.

Sendo basicamente um conto de natal, o filme gira em torno de histórias de amor, todas muito bem escritas mesmo que algumas um tanto exageradas. O novo Primeiro-Ministro inglês (Hugh Grant) se apaixona por uma de suas funcionárias (Martine McCutcheon). Um escritor (Colin Firth) se refugia no sul da França para curar seu coração e acaba encontrando o amor. A mulher muito bem casada (Emma Thompson) suspeita que seu marido (Alan Rickman) a está traindo. A recém-casada (Keira Knightley) suspeita dos sentimentos do melhor amigo do marido (Andrew Lincoln). Um menino (Thomas Sangster) deseja chamar a atenção da garota mais inatingível da escola. Um viúvo (Liam Neeson) tenta se relacionar com o enteado (Thomas Sangster) que mal conhece. A americana (Laura Linney) há muito tempo espera uma chance de sair com o colega de trabalho (Rodrigo Santoro) por quem é perdida e silenciosamente apaixonada. E, assim, o amor vai transformando a vida de todos os personagens dessa comédia romântica em um caos total. São vidas e amores de londrinos que colidem e se misturam.

Eu destacaria as cenas de Bill Nighy (o Davy Jones de ¨Piratas do Caribe¨) que está hilariante como Billy Mack, um antigo astro do rock inglês, demente como Iggy Pop e com os trejeitos do Rod Stewart.
Um filme leve e adorável...

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home

 


eXTReMe Tracker