Quase Nada Sobre Quase Tudo

quinta-feira, maio 01, 2008


Ontem eu li no site do Terra que o ilustríssimo ministro Gilberto Gil quer o Santo Daime como patrimônio cultural!


Ele pediria ao Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) o reconhecimento do uso do chá ayahuasca em rituais de religiões como Santo Daime como patrimônio imaterial da cultura brasileira.


A solicitação foi entregue ao ministro ontem, em Rio Branco (AC), em documento assinado por representantes dos fundadores das doutrinas ayahuasqueiras, e foi endossado pelo governador do Acre, Binho Marques (PT), pelo deputado Edvaldo Magalhães (PC do B), presidente da Assembléia Legislativa, além da deputada federal Perpétua Almeida (PC do B), articuladora do projeto de reconhecimento do uso ritual da ayahuasca.


"Espero que nós possamos celebrar em breve o registro do ayahuasca como patrimônio cultural da nação brasileira", disse o ministro. Gil destacou que as religiões que utilizam o chá ayahuasca (também conhecido como Vegetal ou Hoasca) são traços importantes da cultura brasileira, na aproximação dos homens com Deus.


"Neste caso, específico, acrescenta-se o afeto em relação a outra dimensão importantíssima para a vida, que é a Natureza", ressaltou o ministro. Ele disse que o Iphan, órgão do Ministério da Cultura, vai examinar "com todo zelo, carinho e responsabilidade" a solicitação.


Tá bom, só que tenham em conta que tem um monte de personalidades esquizoides, psico ou pré-psicótica: neuróticos com inestabilidade de personalidade e níveis altos de ansiedade (síndrome do pânico).

Desde a década de 60, época do descobrimento de alguns antidepresivos e dos agentes inibidores da monoamina oxidadase se sabe que a utilização concomitante dessas substâncias deve ser contra-indicada.


O uso da Ayahuasca é desaconselhável para os usuários de drogas e medicamentos psicoactivos listados a continuação – a não ser depois de 3 semanas desde sua suspensión, tais como:

- Antidepressivos inibidores seletivos da recaptación da serotonina como: Fluoxetina (Prozac e outros); Citalpram (Cipramil, Denyl); Paroxetina (Arropas, Cebrilin, Pondera); Sertalina (Novativ, Sercerin). Antidepresivos tricíclicos como Imipramina (Tofranil); Desipramina (Norpramina); Clomipramina (Anafranil).Antidepresivos de efeito dual ou complexo como Venlafaxina (Efexor). Substância de mecanismo de ação não muito bem estabelecida como: Lítio (Carboclim, Litiocar, Neurolithium).Inibidores da la Monoamina Oxidase como: Tranilcipromina (Parnate, Stela-par); Fenelzina (Nardil). Devido à seus efeitos de hipertensão, tambêm se desaconselha os candidatos que fazem uso de psicoestimulantes como Ritalina.


A sensatez indica que enquanto nã se conheçam bem os efeitos específicos de cada uma das substâncias citadas com relação às doses habituais de DMT e dos agentes inibidores da monoamina oxidade típicamente contida na infusión, não se deve incentivar o uso de la Ayahuasca, ou Santo Daime, em usuários destas medicações.

Apenas por questão de prudência não se recomenda o uso da droga em mulheres grávidas.


PS: ler para saber...



0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home

 


eXTReMe Tracker