Quase Nada Sobre Quase Tudo

quarta-feira, outubro 11, 2006

Dias de verdadeiro tédio me impediram de comentar que li a biografia de São Francisco de Assis escrita por Donald Spoto. Quem me despertou o interesse na vida do santo foi minha querida amiga Babi que tem uma coleção linda de figuras do protetor dos animais (que espero que não tenha sofrido danos com as andanças da curiosa Carol). Enfim, Francisco de Assis teve uns belos anos de playboyzinho, aprontou todas mas um belo dia Deus chamou no seu ouvido e Francisco se transformou: nunca mais teve nenhum bem a não ser sua humilde roupa e se dedicou, entre outras coisas do bem, a cuidar dos leprosos (tudo dá a entender que foi isso que matou Francisco, aos 44 anos). As idéias de Francisco hoje em dia provavelmente seriam tratadas com algum psicotrópico e talvez mais de um recomendaria psicoterapia ou TEC (um choquinho pra endireitar as idéias). É admirável a obra do homem que a última coisa que queria era justamente ser chamado de santo.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home

 


eXTReMe Tracker