Quase Nada Sobre Quase Tudo

terça-feira, janeiro 16, 2007

Ontem, quando estava indo na esquina de casa comprar uma Coca-Cola Zero, pensei que definitivamente ia conseguir um atestado de xarope quando vi um coelho cinza atrás das grades da casa de um vizinho. Parei e fiquei olhando abismada o animal que estava sentado e não se mexia. Pensei ¨danou-se: tenho lido demais e sobrecarregado minha imaginação¨. Fitei o coelho até ver que sim, era um animal vivo. Voltei pra casa tirando o maior sarro do guardião do vizinho.
Hoje abro a porta dos fundos de casa e quem estava lá me olhando sério no quintal? O mesmo coelho! Nossa pastor alemã, que late até pros passarinhos, nem percebeu a novidade e então eu logo voltei a pensar que minha imaginação estava me pregando mesmo uma peça. Quando estava chegando perto, rezando pro bicho não ser imaginário, sinto a vizinha me chamando na porta de casa. Ela me perguntou se eu não teria visto o coelho no meu quintal e me disse que achava que os donos eram um monte de crianças da vizinhança. O marido dela inclusive viu ontem à noite o jogo do Boca Jrs comendo bolacha com o coelho no colo. Foi então que esse homem apareceu e me pediu se podia pegar o coelho e levar na tal da casa da criançada. Quando ele entrou no quintal foi imediatamente reconhecido pelo coelho que veio correndo em direção a ele.
Final feliz: o coelho era mesmo das tais crianças, Connie - a coelha - tinha escapado ontem de casa e sobreviveu aos carros, aos gatos e à besta da minha cachorra. Ponto para a minha imaginação...

9 Comments:

  • At quarta-feira, janeiro 17, 2007, Anonymous lilica said…

    ainda bem q a dulce tá caducando mesmo... se não, teria banho de sangue... aiai
    essa história é fofíssima rs

     
  • At sexta-feira, janeiro 19, 2007, Anonymous suzanamaria43@yahoo.com.br said…

    Nossa a Dulcinéia não mais a mesma
    está dormindo no trabalho.
    Lembrei dos amigos do Ramón que ti-
    nham um coelho que convivia no apto junto com os 3 irmãos.
    Quando o bicho morreu ficaram de luto muito tempo .

     
  • At sexta-feira, janeiro 19, 2007, Anonymous suzanamaria43@yahoo.com.br said…

    Bem uma historinha tenebrosa nazis-
    ta de um infeliz coelhinho.Eu tinha
    6 anos minha mãe ficou gravemente
    enferma e eu tive que morar uns me-
    ses com uma ,tia irmã do meu pai.
    Ela tinha 2 filhos mais velhos que
    eu,o coelho entra na história desta
    maneira.Meu tio alemão rígido,disse
    o coelho de vcs está mal cuidado tem que limpar a gaiola,eu ouvi ele
    falar uma vez ,meus primos nem ligaram.O coelho ficava no subsolo
    do páteo ,eu nem podia ir lá pois
    tinha imensos cachorros ferozes.
    O assunto acabou .Certo dia minha tia chamou pra almoçar,nos sentamos
    a mesa ,fizemos orações protestan-
    tes.Cada um começou a se servir,eu
    esquelética devo ter comido arroz,
    feijão e só.Bem no meio do almoço,
    meu tio na cabeceira da mesa come-
    çou a comentar ,pobre bichinho parece que estou vendo os olhinhos
    vermelhos,orelhinhas empinadas,fa-
    zendo qui,qui,qui, e correndo na grama.Ai que meus primos se deram
    conta que era o coelho que eles es
    tavam comendo.a casa ficou de luto
    foi uma choradeira por muito tempo.
    Foi tão trágico que eu estou com
    63 anos e ainda me lembro desta história cruel.

     
  • At sexta-feira, janeiro 19, 2007, Anonymous fefis, gerente desse blog said…

    Malditos alemães sádicos!

    Contei pro meu marido e ele quase chorou (sério)!

     
  • At terça-feira, janeiro 23, 2007, Anonymous suzanamaria43@yahoo.com.br said…

    Vc sabe se o coelho está vivo ?car
    ne de coelho é muito apreciada.Putz
    eu vi no supermercado carne de coe
    lho é o bichinho descarnado congela
    do,tô fora.

     
  • At terça-feira, janeiro 23, 2007, Anonymous fefis, gerente desse blog said…

    Não soube mais do coelho.

    Eu já comi coelho várias vezes, é muito bom mesmo!É só se esforçar e pensar que é destino do animal, afinal e as vacas, não são animais fofinhos?

     
  • At sexta-feira, janeiro 26, 2007, Anonymous suzanamaria43@yahoo.com.br said…

    As vacas que se fodam uns bichos imensos estúpidos e galinha muito burras nem tenho pena.Eu era bem pequena uns 4 ou 5 anos tinha uma galinha garnizé que puxava uma perna ,me acompanhava pra todo lado,era o meu cachorro.Como estava ficando velha minha mãe sacrificou e comeram minha galinha.
    Nem percebi ,pra substituir ganhei
    um gato NEGRINHO.

     
  • At sexta-feira, janeiro 26, 2007, Anonymous fefis, gerente desse blog said…

    A sua galinha devia ter gosto ruim, a vovó deve ter condimentado muito bem a bichana!

     
  • At sexta-feira, janeiro 26, 2007, Anonymous suzanamaria43@yahoo.com.br said…

    A capa da Veja é um coelhinho pra vc matar as saudades do coelho da sua visinha.

     

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home

 


eXTReMe Tracker