Quase Nada Sobre Quase Tudo

quarta-feira, fevereiro 02, 2005

Ou seja que todo mundo sabia, menos a CIA?


Deu na Agência EFE:

¨A CIA publicará relatórios em que reconhece ter errado ao afirmar que o Iraque tinha armas de destruição em massa antes da invasão do país, em março de 2003.

Um dos documentos do relatório se chama "Iraque: não houve esforços para fabricar armas químicas em grande escala desde o início da década de 1990". O documento estabelece que o governo de Saddam Hussein abandonou seus programas para a fabricação de arsenais químicos depois da primeira Guerra do Golfo em 1991.

Os relatórios anteriores ao conflito indicavam que era possível que o Iraque tivesse armazenado pelo menos 100 toneladas métricas de armas químicas. Mas no último ano, as autoridades da espionagem dos EUA, incluindo o ex-diretor da CIA George Tenet, admitiram que pelo menos algumas partes da avaliação sobre a capacidade bélica do Iraque estavam erradas.

Uma das fontes afirmou que a publicação do novo relatório "tem como objetivo assegurar que a atual avaliação da capacidade armamentista do Iraque é a correta". Outra fonte afirmou que as novas avaliações levam em conta informação conseguida após a invasão e que não se tinha antes¨.

Ah é? Lindo erro! Considere-se que a desculpa pra invadir o Iraque foi justamente o suposto arsenal de armas de destruição massiva...
Aposto com quem quiser: agora o Bushinho vai dizer que fez um favor aos iraquianos ao derrocar o Sadam Hussein e que depois das eleições e, graças aos esforços da Coalizão, o Iraque agora é um país democrático (fodido mas democrático).

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home

 


eXTReMe Tracker