Quase Nada Sobre Quase Tudo

terça-feira, setembro 12, 2006

Ontem terminei de ler a biografia do Bob Dylan escrita por Howard Sounes. Gosto do Bob Dylan mas confesso que não morro de amores e desconfio que a antipatia é mútua...[rs].
Li mais pela insistência de amigos e não me arrependo da compra (mais um achado no sebo), afinal dá pra ver que o biógrafo pesquisou bastante mas o livro não empolga. Prefiro, de longe, as ¨Crônicas - Volume 1¨ ou o documentário ¨No direction: home¨ do Scorsese ...

2 Comments:

  • At quarta-feira, setembro 13, 2006, Anonymous suzanamaria43@yahoo.com.br said…

    Nossa eu já não morria de amores por ele,mas assistindo um documentá
    rio no GN confirmou que é um mau carater de primeira.Não sei se até agora é assim ,mas na juventude usa
    va as pessoas ,era um aproveitador.
    O melhor amigo dele tinha uns vinis
    raros,ele pediu emprestado nunca devolveu,teve uma namorada que não lembro o nome ,ela já era famosa pra ajudá-lo fizeram uma dupla,
    assim que ele se firmou ficou conhecido abandonou a parceira.
    Fiquei com mais raiva.Pode ser que
    montado na grana ,famoso tenha fei
    to mea culpa sendo mais honesto.

     
  • At sábado, setembro 16, 2006, Anonymous suzanamaria43@yahoo.com.br said…

    Consegui descobrir ele fez dupla com Joan Baez.Na Veja desta semana
    tem uma reportagem e a letra de
    música do último CD por sinal linda
    e profunda

     

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home

 


eXTReMe Tracker