Quase Nada Sobre Quase Tudo

sexta-feira, setembro 21, 2007

IOPPS grátis está de volta e lá fomos nós ontem à noite assistir um filme do Kim Ki-Duk, premiado diretor coreano, que é conhecido no circuito nacional por "Primavera, Verão, Outono, Inverno...e Primavera", filme que eu gostei bastante.

Ontem passavam "Time - O Amor Contra a Passagem do Tempo", de 2006. Esperava um bom filme e encontrei algo assim como um episódio longo estilo seriado "Nip/Tuck"!

"Time" começa com um casal jovem em crise de namoro. Ela sofre de ciúme doentio e insegurança e o infeliz do namorado que a ama de verdade não entende o que se passa com ela porque ela fica toda hora brigando com ele e dizendo que ele está cansado dela e da cara dela.

Daí um dia essa moça histérica passa na frente de uma Clínica de Cirurgia Estética e resolve remodelar toda a cara pra testar o amor do namorado. Pra isso ela precisa sumir 6 meses da vida dele, até se recuperar das cirurgias só que ela simplesmente some sem avisar ou deixar rastros. O cara, é claro, fica nóia, sem entender nada e na maior parte do filme o acompanhamos na sua solidão, a descoberta da plástica e a neurose crescente por saber que qualquer mulher ao redor pode ser o seu amor perdido.

Acho que " Time" quis analisar a fragilidade humana – física e emocional – diante da própria passagem do tempo, e os valores e a identidade nos tempos atuais mas terminou sendo superficial, à beira da idiotice.

Destaque só para o parque de esculturas eróticas, cheio de significados simbólicos e a direção de fotografia que é linda!

3 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home

 


eXTReMe Tracker