Quase Nada Sobre Quase Tudo

quarta-feira, maio 23, 2007

Ectoplasma: Palavra de origem grega: ektós= indica movimento para fora; plasma= obra modelável, substância plástica. Para os espíritas se diz de uma substância que emana do corpo de um médium capaz de produzir fenômenos de efeitos físicos ou aparições à distância. Trata-se de uma exalação fluídica, sensível ao pensamento, visível ou invisível, plástica, inodora, insípida, originalmente incolor, que tem a semelhança de uma massa protoplasmática.

Quando eu era criança ver uma foto de ¨ectoplasma¨era a coisa mais terrível e nojenta da Face da Terra (não por isso menos atrativa...) que me deixava noites e noites sem dormir!

Lendo ¨Spook: science tackles the afterlife¨ da autora Mary Roach evidencia-se a farsa: um simples chumaço de pano branco.





Aos 32 anos, as fotos me dão medo?

Não!

Às vezes é mágico envelhecer...

6 Comments:

  • At quarta-feira, maio 23, 2007, Anonymous suzana said…

    Acredite que na maturidade ou velhice continuamos a ter medo ,só
    que mudamos o enfoque.Passamos ter medo de cair,ficar cego ,não andar,
    da doença.Bem piores que fantasmas,
    saci ,mula sem cabeça ,loira do ba
    nheiro,diabo.

     
  • At quarta-feira, maio 23, 2007, Anonymous suzana said…

    Eu lembro que tinha uns 10 anos
    queria ver o Fantasma da Ópera no
    cinema, que tinha proibição de 14anos.Como era grandona minha mãe
    me levou ,consegui entrar.
    Lembro até hoje que o protagonista
    passava por um corredor escuro com
    o rosto deformado com ácido,pra mim
    foi um terror .Fiquei desesperada
    quando ele cortou um lustre gigan-
    tesco de cristais em um teatro re-
    pleto de gente.Sai arrazada com me
    do dormi um mes no quarto da minha
    mãe e o fantasma me perseguia pelo
    tempo todo,via capa preta pela casa
    pelo páteo.Bem feito não era pra
    minha idade.

     
  • At quinta-feira, maio 24, 2007, Anonymous fefis, gerente desse blog said…

    Que eu me lembre meu maior medo não era nem de fantasma, mas da mula sem cabeça vista pelo vovô Nenê que eu me arrepia até hoje se estou viajando pela estrada de madrugada... e anos mais tarde o terror era de dormir com a tv ligada sem transmissao e o ectoplasma nojento...

     
  • At sexta-feira, maio 25, 2007, Anonymous suzana said…

    Eu lembro vc contar que na festa da
    nossa rua de São Cosme e Damião que
    vc e o Xandão ficaram perto de uma senhora que recebia umas entidades
    de umbanda ,vc veio apavorada contando com uma risada histerica.
    Não tenho certeza mas vc contava e
    voltava pra não perder uma experiência inusitada,coisa de criança.

     
  • At sexta-feira, maio 25, 2007, Anonymous suzana said…

    Eu lembro que vc e a Lilian assis
    tiam os programas evangelicos de
    descarrego ,exorcisar o demônio etc
    eu nem sabia destes programas ,mas vcs não perdiam por curiosidade.

     
  • At sexta-feira, maio 25, 2007, Anonymous fefis, gerente desse blog said…

    É mesmo essa festa de São Cosme e Damião foi inesquecível!

     

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home

 


eXTReMe Tracker