Quase Nada Sobre Quase Tudo

terça-feira, maio 15, 2007

Depois do lixo de ¨Mystic River¨,ontem fui assistir morrendo de medo, um dos 2 filmes lançados pelo Clint Eastwood sobre a batalha de Iwo Jima: um dos filmes mostraria o lado norte-americano e o outro a batalha vista pelos japoneses.

Bom, fosse por mim preferiria ter visto ¨Cartas de Iwo Jima ¨ antes do que ¨Flags of our Fathers¨ ou " A Conquista da Honra¨, mas por alguma estranha razão o cinema local colocou ¨Cartas¨ somente no horário da tarde (tipo as 2:10 hs) e pra mim fica difícil de sair de casa nessa hora. Bom, em outras palavras, acabei indo ver ¨Flags of our Fathers¨ à noite com meu marido (com um daqueles surtos usuais que predicam que o filme vai ser uma droga ¨debe estar buenísima!").

Como eu ia dizendo o filme é sobre a batalha de Iwo Jima, no final da II Guerra Mundial, e os pormenores sobre uma foto famosa de 6 soldados levantando uma bandeira norte-americana em solo japonês, feita por acaso num dos primeiros dias da invasão, que deu ao imaginário americano uma falsa sensação de vitória, enquanto seus soldados tinham poucas chances. A certeza passada pela imagem foi tamanha que convenceu empresários a apoiarem a guerra e financiá-la, assim, a batalha pôde ser realmente vencida. O filme mostra a ação na batalha e também os bastidores da propaganda patriótica que envolveu a tal foto.

O roteiro de Paul Haggis (que ganhou o Oscar de Melhor Roteiro por ¨Crash - No Limite¨ e ¨Menina de Ouro¨) é bem fraquinho, e o filme às vezes passa de uma cena de batalha terrível para uma cena sentimentalóide horrível e isso prejudica bastante o filme que poderia ter sido bom. Mas eu não gostei.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home

 


eXTReMe Tracker