Quase Nada Sobre Quase Tudo

segunda-feira, setembro 24, 2007


Hoje minha mãe escreveu um e-mail contando que o Bodinho do Internacional de Porto Alegre, faleceu (minha mãe é torcedora do Colorado senão acho que o Larry deserda ela, hehe ...).
Confesso que nunca vi nem o Larry nem o Bodinho jogar (eu nem tinha nascido, ué! - mesmo assim todos em casa adoramos o Larry e família - Larry foi pra minha mãe algo assim como o melhor "tio" que alguém podia ter na vida! Meus avós tambêm o adoravam e o Larry era das poucas pessoas que eu deixava me pegar no colo quando criança, tenho foto e posso provar, hahaha!), mas quem viu Larry Pinto de Faria jogar com Bodinho garante que eles fizeram uma das maiores duplas de ataque da história do futebol gaúcho. Ambos consagraram a "tabelinha". Dizem que eles eram uma dupla infernal, capaz de tabelinhas só comparáveis às dos santistas Pelé e Coutinho. No Campeonato Gaúcho de 1955, Larry marcou 23 gols em apenas 18 jogos. Só não foi o artilheiro porque Bodinho chegou aos 25!

Enfim, esse post é pro Larry que deve estar triste com a perda do amigo.

PS: já que o post fala de futebol queria dizer que quando eu era criança tinha 3 ídolos no futebol: o maior de todos ZICO, depois Casagrande (vamos lá Casão, se recupera logo desse acidente rapaz!) e sim, eu confesso, com o rabo entre as pernas, Maradona!

1 Comments:

  • At quarta-feira, setembro 26, 2007, Anonymous suzana said…

    Se declarou fã que gostava do Mara
    dona.Confessar uma fraqueza é uma virtude.Na verdade na parede da sua sala vc queria era um poster do Maradona e a família pensava que era Pelé.

     

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home

 


eXTReMe Tracker